Prefeito de Petrópolis cancela Carnaval para investir em saúde

O prefeito de Petrópolis, na região serrana do Rio, Rubens Bomtempo, anunciou que não haverá Carnaval na cidade e que os repasses, no valor de R$ 1 milhão, que iriam para o desfile das escolas de samba do município, irão para investir em saúde. A decisão foi tomada durante reunião com o presidente da Fundação de Cultura […]

catedral-s.pedro-de-alcantara-petropolis-rjO prefeito de Petrópolis, na região serrana do Rio, Rubens Bomtempo, anunciou que não haverá Carnaval na cidade e que os repasses, no valor de R$ 1 milhão, que iriam para o desfile das escolas de samba do município, irão para investir em saúde. A decisão foi tomada durante reunião com o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Juvenil dos Santos, e representantes de escolas e blocos da cidade, que entenderam a situação e concordaram com a providência do governo municipal.

De acordo com o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, estruturas como as arquibancadas, por exemplo, não serão montadas, o que não impede que os blocos que queiram sair às ruas desfilem pela rua do Imperador.

“Não estamos cancelando o Carnaval da cidade, só não iremos repassar os recursos, que serão encaminhados para um setor que está em estado de calamidade e precisa de todo o empenho e recursos financeiros. Estamos pensando no bem-estar da população. Tivemos a adesão espontânea das agremiações”, disse Santos.

Outros tradicionais eventos, como o Baile dos Fantasmas e o Banho a Fantasia, estão mantidos, assim como os bailes que ocorrem nos bairros, como Alto da Serra, Praça Pasteur e Pedro do Rio. A Matinê no Obelisco também está mantida. Para garantir a segurança dos foliões que forem para a avenida durante o Carnaval acompanhar os blocos, a Guarda Municipal e as polícias Civil e Militar estarão nas ruas.

A diretora de patrimônio da Escola de Samba Independente de Petrópolis, Marilda da Silva Antunes, elogiou a medida tomada pelo prefeito Rubens Bomtempo. “A saúde do município está um caos e precisa de todo o apoio. Não é justo realizarmos uma festa, enquanto os hospitais estão sem leitos e sem remédios”.

Fonte: Da Agência Brasil, no Rio 14/01/2013 21h39

4 comments

  1. Agora sim temos que tirar o chapéu!!!!

  2. Atitude legal primeiro a obrigação, depois a diverção

  3. O PREFEITO DE PETRÓPOLIS [RUBEM BOMTEMPO]além de ter tomado uma atitude louvavel em relação ao uso do dinheiro público, ainda passa a servir de exemplo para muitas prefeituras onde nos hospitais está faltando tudo.A lista DE COISAS QUE FALTAMem alguns hospitais é tão extensa que não vou cansar as pessoas que leem.prefeitO RUBENS, EU QUERO ACREDITAR que no próximo carnaval muitos prefeitos tomarão medidas para que a verba que seria para o carnaval seja direcionada para a saúde pública, que á tanto tempo vem sofrendo por falta de verba. o povo gosta do carnaval, mas essa não deve ser prioridade, primeiro a saúde.essa sim, deve ser tratada como prioridade!

  4. UM DIA desses estive na cidade de SANTA MARIANA, e lá fiquei sabendo que o prefeito, recem-eleito.estava ja terminando uma grande reforma no hospital da cidade! que boa notícia! eu disse, naõ moro aquí mas um hospital reformado, pronto pra atender á população, em tão pouco tempo de administração, me chamou a atenção. pensei; isso merece ser divulgado! e não é por razoes politicas é por uma coisa que está muito acima disso;é que os bons devem ser seguidos, e pra ser seguido , o bom exemplo deve se tornar conhecido do maior número possível de pessoas, e sem perda de tempo. é bom que os outros prefeitos tenham essa ótima licão de agilidade. é possível trabalhar rápido pra resolver os problemas de saude da população? sim é possível.! então ? vamos seguir bons exemplos.??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *